quarta-feira, 7 de agosto de 2013

Governo recebe taxistas e suspende fiscalização do transporte intermunicipal por 15 dias




Taxistas foram recebidos pelo governador no final da tarde (Crédito: Agência Alagoas)

Após fazer carreata em protesto pelas ruas de Maceió, uma comitiva de taxistas foi recebida pelo governo do estado para uma reunião no final da tarde desta quarta-feira (7) no Palácio Repúbilca dos Palmares. Diante das reivindicações da categoria, que alega ser abusiva a vistoria realizada pela Agência Reguladora de Serviços Públicos de Alagaos (Arsal), o governador Teotonio Vilela decidiu suspender por 15 dias a fiscalização do transporte intermunicipal feito por táxis.

“A fiscalização será suspensa por 15 dias, que é o prazo máximo para realizarmos uma nova reunião. Nesse prazo, veremos o caminho em conjunto e também com uma decisão mais ampla, que dê mais condições de trabalho aos taxistas”, observou o governador em reunião que contou também com a presença do secretário-chefe do Gabinete Civil, Álvaro Machado.

Vilela disse que vai estudar a possibilidade de a categoria prestar esse serviço sem prejudicar os transportes complementares. “Peço a compreensão e a parceria de vocês. Quero que me tenham como um parceiro, pois vou me dedicar e estudar essa questão”, ressaltou Vilela, ao mencionar que vai averiguar como outros estados têm tratado esse assunto.

O chefe do Executivo estadual se comprometeu, ainda, em ajudar os taxistas a se tornarem microempreendedores, o que, segundo Vilela, traria benefícios para os profissionais. Para tanto, o governador disse que vai buscar linhas de financiamento junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e à Agência de Fomento – Desenvolve.

Taxistas - “O que a gente queria era justamente abrir essa negociação. Mas é importante ressaltar que as fiscalizações com relação à documentação não foram suspensas. Isso é só em relação ao transporte de passageiros”, disse o presidente do Sindicato dos Taxistas de Alagoas, Ubiracy Correia. “Daqui a 15 dias teremos outra reunião”, complementou.

19:02 - 07/08/2013

Da Redação, com assessoria

Fonte:

.