segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

Lei Seca prende quatro pessoas em fiscalização no final de semana em Maceió.


Segundo DETRAN, 23 se recusaram fazer o teste do etilômetro.


Quatro pessoas foram presas e 23 se recusaram fazer o teste do etilômetro (popularmente conhecido como bafômetro) na madrugada do último sábado (8), durante fiscalização da Lei Seca realizada na Avenida Durval de Góes Monteiro, em Maceió. Participaram desta operação 25 pessoas, entre elas servidores do Departamento Estadual de Trânsito de Alagoas (DETRAN-AL) e policiais militares.

Todos os flagrantes foram encaminhados à sede da Central de Polícia. Três condutores foram presos por embriaguez ao volante e um por corrupção ativa. Este último se recusou a realizar o teste e tentou subornar os policiais. Além disso, 26 Carteiras Nacionais de Habilitação (CNHs) foram recolhidas, cinco veículos foram removidos para o depósito do DETRAN e outras 21 infrações diversas foram notificadas.

As fiscalizações da Lei Seca acontecem diariamente na capital e interior do Estado. A infração para o condutor que estiver alcoolizado ou se negar a fazer o teste é considerada gravíssima. Além de uma multa de R$ 957,70 e perda de sete pontos na CNH, será aberto um processo administrativo no DETRAN e este condutor estará sujeito a perder o direito de dirigir por 12 meses.

Há cinco meses o DETRAN iniciou uma operação focada em reduzir a incidência de acidentes causados por motoristas sob o efeito de bebidas alcoólicas. Ao longo deste período, mais de 3 mil pessoas já foram abordadas, 28 já foram presas em flagrante, 380 CNHs foram recolhidas e 221 veículos removidos para o depósito. Isso proporcionou uma redução de 5,86% no número de acidentes, comparado ao mesmo período do ano anterior.

Além das fiscalizações, a equipe de Educação para o Trânsito (Edutran) do órgão está realizando ações nas faculdades e centros comunitários. Essas ações acontecem com a participação de vítimas de acidentes de trânsito causados pela mistura de álcool e direção.

10/12/2012 13h33

Gazetaweb, com assessoria 

Fonte:
 .