terça-feira, 27 de dezembro de 2011

Taxista é executado na Cachoeira do Mirim


Numa rápida ação de equipes do 5° Batalhão da Polícia Militar (PM), quatro pessoas, sendo duas mulheres, foram presas na manhã desta terça-feira (27) acusadas de executarem a tiros o taxista José Severino Leão, cujo corpo foi localizado pela Polícia nas proximidades do Rio do Meio, na Cachoeira do Mirim, região do complexo Benedito Bentes, em Maceió.

Os assassinos foram identificados como sendo Jonatas Oliveira dos Santos, 19, Charles Wanderley da Silva, 18 e as garotas de programa Esmeralda Elaine Bezerra da Silva, 24 e Keyth Silva Albuquerque, 21. Todos foram presos após assaltarem um motel localizado em um dos trechos da Avenida Juca Sampaio, no bairro do Jacintinho. Do local foram levados dois aparelhos de televisão, bebidas, dinheiro e os controles das câmeras de segurança.

Segundo relatos dos criminosos em entrevista exclusiva ao EMERGENCIA190 primeiro eles assaltaram o taxista que foi levado até o motel dentro de seu carro, um Fiat Uno, branco, placa MVC 4275/AL, onde após roubarem o estabelecimento e manterem uma funcionária como refém, amarraram José Severino com lenços das camas do motel. Do local a quadrilha seguiu até o Rio do Meio, onde executaram o profissional.

Presos nas proximidades de onde aconteceu o crime, após serem denunciados por uma ligação anônima para o Copom, os quatro ainda tentaram alegar inocência. Jonatas, que dirigia o veículo do taxista, disse para os policiais que o carro pertencia a seu pai, versão desmentida logo em seguido após os policiais confrontarem o nome que consta como genitor na Carteira de Identidade do suspeito com o do documento de licenciamento do carro, encontrado no próprio veículo.

Numa rápida revista em Esmeralda foi constatado que a jovem estava com um revolver calibre 38, que segundo ela foi dado como pagamento pelo “programa” com Charles, acusado de ser o autor dos disparos que mataram o taxista.

A confirmação do crime somente foi possível após os policiais localizarem a carteira de trabalho de Severino, localizada nas proximidades onde o corpo foi desovado.

Todos foram levados para a Central de Polícia, no bairro do Prado, onde foram autuados por crime de latrocínio (roubo seguido de morte).

Em instantes video reportagem

Reportagem: Wadson Correia
Imagens: Deninho Ferreira


Fonte: emergência 190

 .