sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Trânsito


Fernandes Lima e Góes Monteiro sofrerão mudanças

Câmara irá revisar a lei atual, adequando-a às condições discutidas na reunião

O presidente da Câmara Municipal de Maceió, vereador Galba Novaes, e o vereador Théo Fortes, se reuniram ontem (22), na sede do Ministério Público Estadual, com o superintendente municipal de Transportes e Trânsito, José Pinto de Luna, e os promotores da Fazenda Municipal, Marcus Rômulo e Marcos Méro. O encontro teve como objetivo discutir a lei municipal 5.594, de 13 de março de 2007, que trata da proibição de veículos pesados nas avenidas Fernandes Lima e Durval de Góes Monteiro.

A referida lei, de autoria do vereador Galba Novaes, proíbe o tráfego de tratores, máquinas, ônibus intermunicipais e interestaduais, caminhões e carretas, com capacidade de carga acima de cinco toneladas, no período das 6h às 20h, entre o trecho da Praça Centenário, passando pelas duas avenidas, até a Policia Rodoviária Federal.

Entretanto, a legislação nunca foi cumprida, pois a SMTT alegou dificuldade de implantação devido ao longo período em que as avenidas Fernandes Lima e Durval de Góes Monteiro ficarão fechadas para os veículos de carga, inviabilizando o abastecimento do comércio local.

“Esse encontro tem como objetivo promover uma adequação da legislação, com o intuito de melhor atender a população. Por isso, convidamos o autor da lei, vereador Galba Novaes, e o superintendente da SMTT, José Pinto de Luna, para encontrarmos uma solução para o impasse. Afinal o Ministério Público defende que a lei deve ser cumprida”, salientou o promotor Marcus Rômulo.

Galba Novaes explicou que a lei foi elaborada, atendendo as reivindicações da sociedade, que deseja o desafogamento do trânsito nas duas avenidas. “Procuramos ouvir diversos segmentos do comércio e entendemos que é necessário uma maior flexibilização nos horários de proibição do tráfego de veículos de carga pesada. Esse também é o entendimento da SMTT. Nossa missão é atender a população”, frisou Novaes.

Ele acrescentou que a Câmara irá revisar a lei atual, adequando-a às condições discutidas na reunião, determinando que a SMTT tenha a prerrogativa de fiscalizar e disciplinar o trânsito na região.

“Dessa forma, a proibição dos veículos pesados será entre os períodos de 6h às 9h e 17h às 20h. Os ônibus intermunicipais e interestaduais ficarão liberados para trafegar nas avenidas Fernandes Lima e Durval de Góes Monteiro, porém a SMTT irá disciplinar os pontos de parada para esses veículos”, esclareceu Pinto de Luna. Ele disse ainda que antes da proibição, haverá uma campanha educativa de 60 dias, informando os motoristas sobre as mudanças.

08h05, 23 de Setembro de 2011



Fonte: Ascom
.