terça-feira, 13 de setembro de 2011

Profissão de taxista é abordada nas tramas

Três personagens no ar em diferentes novelas têm, em comum, a profissão de taxista: Vilma, de "Fina Estampa" (Globo); Lili, de "O Astro" (Globo); e Andrea, de "Vidas em Jogo" (Record). Vividas, respectivamente, pelas atrizes Arlete Salles, Alinne Moraes e Simone Spoladore, as três têm personalidade forte, mas as coincidências parecem acabar por aí.

Enquanto Lili teve de pegar no volante para sobreviver, já que a oportunidade surgiu no momento em que estava sem emprego, Vilma trata o próprio carro como um filho. "O táxi é mais do que o instrumento de trabalho dela. É a ferramenta que ela usa para se conectar com o mundo", afirma o autor de "Fina Estampa", Aguinaldo Silva.

Nem por isso Lili fez feio, mesmo porque a atriz que a interpreta revela que dirigir, para ela, sempre foi um prazer. "Tenho família em Sorocaba e sempre fui e voltei de lá dirigindo", afirma Alinne, sobre a cidade que fica a 87 km de São Paulo. "Também morei na zona Norte do Rio e convivi com várias ‘Lilis"".

Simone, ao contrário de Alinne, precisou ter aulas em uma autoescola porque, embora tenha carteira de habilitação, não dirigia havia muito tempo. Ela ainda conta que se encontrou com uma taxista para saber mais sobre a profissão. "Tentei mostrar que essas mulheres têm força e são corajosas, mas sem perder a feminilidade".

Cada um dos protagonistas de "Vidas em Jogo", da Record, tem de cumprir uma meta para poder colocar a mão na metade do prêmio milionário que ganhou na loteria. Andrea (Simone Spoladore), porém, corre o risco de não cumprir a sua meta - comandar uma frota de táxis.

Isso porque Andrea vai passar por um período turbulento e talvez tenha de deixar a profissão um pouco de lado. Depois de ter sido estuprada por Cleber (Sandro Rocha), ela vai descobrir que contraiu dele o vírus HIV.

Fonte: Portal O Tempo - Publicado em 09/09/11
.