sábado, 17 de setembro de 2011

Programa Taxista Nota 10 vai capacitar 80 mil profissionais



Até a Copa, parceria entre CNT, Senat, Escola do Transporte e Sebrae vai oferecer capacitação nas áreas de gestão de negócios e línguas estrangeiras.

A Copa do Mundo de Futebol que acontece no Brasil em 2014 vai trazer uma oportunidade de capacitação para 80 mil taxistas no país. Nos próximos três anos, uma parceria entre a Confederação Nacional do Transporte (CNT), o Serviço Social do Transporte (Sest), o Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (Senat), a Escola do Transporte e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) vai oferecer gratuitamente programas educacionais nas áreas de gestão de negócios e línguas estrangeiras. As ações do projeto Taxista Nota 10 terão abrangência nacional e estão previstas para começar no próximo mês.

Os parceiros do projeto acreditam que os taxistas, público-alvo das ações do Taxista Nota 10, têm papel fundamental no sucesso da realização do maior evento de futebol mundial, quando a atenção de milhões de pessoas estará voltada à qualidade dos serviços oferecidos no país. Na maioria dos casos, são esses profissionais o primeiro contato dos turistas estrangeiros quando eles chegam ao Brasil.

O Taxista Nota 10 tem como prioridade as 12 cidades-sede da Copa e os municípios que funcionam como porta de entrada do turismo nacional e internacional, ou seja, que têm fronteira ou com grande potencial turístico em todos os estados. Mas o projeto também foca as demais cidades do Brasil, como uma forma de aprimorar os serviços de táxi em todo o país.

Os cursos de línguas estrangeiras – inglês e espanhol - têm duração de 120 horas e vocabulário personalizado, adaptado à linguagem e ao dia a dia do taxista. As inscrições em um dos cursos poderão ser feitas gratuitamente nas unidades do Sest Senat em todo o Brasil, a partir de outubro.

Os alunos inscritos receberão o material didático que contempla o caderno do aluno, o caderno de exercícios, o caderno de autoavaliações e o CD de áudio. O certificado de conclusão será enviado pelos Correios, após uma avaliação escrita que deverá ser realizada na unidade do Sest Senat em que foi efetuada a matrícula.

No programa de gestão de negócios, os profissionais aprenderão sobre diversos temas em um conteúdo divertido, leve e agradável em formato de jornal. Em versão impressa e eletrônica, com periodicidade mensal, a publicação terá matérias sobre empreendedorismo, turismo e hospitalidade, gestão financeira, administração do tempo, marketing pessoal, legislação, direção defensiva, condução econômica, primeiros socorros, entre outros.

Para receber o jornal gratuitamente, os taxistas deverão entrar em contato com as centrais de atendimento da CNT ou do Sebrae, a partir de outubro, e se cadastrar no programa. O profissional vai receber em casa as 15 edições do Jornal Taxista Nota 10.

Para receber a certificação, o profissional deverá guardar os selos que estão nas 15 edições do jornal e poderá fazer a troca pelo adesivo que comprova a participação no programa. Essa identificação, afixada no para-brisa do carro, será mais um diferencial para atuação no mercado de trabalho.

Qualidade

Com essas ações, a CNT, o Sest Senat, a Escola do Transporte e o Sebrae pretendem aumentar a qualidade dos serviços prestados pelos taxistas autônomos, cooperativados ou empreendedores individuais aos turistas nacionais e estrangeiros. Mas além desse objetivo, o saldo positivo do projeto será a chance para que eles, mesmo após a Copa, melhorem a gestão do seu negócio, com maior rentabilidade e bom atendimento aos clientes.
 13-09-11
 Arte: Ítalo Linhares

Rosalvo Júnior
Agência CNT de Notícias
.