sábado, 18 de fevereiro de 2012

Cansados de esperar Município, taxistas recuperam sinalização no Centro



Grupo reclama que automóveis particulares invadiam ponto de táxi na praça Dom Pedro II, ao lado da ALE


Taxistas recuperam placa de sinalização no Centro (Foto: Pinehas Furtado)

Cansados de esperar pela iniciativa das autoridades municipais, 20 taxistas decidiram recuperar, por conta própria, a sinalização do ponto de táxi na Praça Dom Pedro II, situada ao lado do prédio da Assembleia Legislativa, no centro de Maceió. Os trabalhadores relatam ter reclamado diversas vezes que a falta de demarcação provocava a ‘invasão’ de automóveis particulares na área destinada aos taxis.

Elias Moura, taxista há 34 anos, decidiu liderar o ‘mutirão’ ao ver que a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) não trazia nenhuma resposta à categoria. “Pedimos várias vezes e eles não fizeram nada. Os guardas municipais também alegavam que não podiam multar porque não havia sinalização indicando que o local era proibido”, explicou.

Cada taxista desembolsou, então, R$ 15,00, e juntos eles pagaram tinta, poda de árvore e a mão de obra para a confecção das placas, já corroídas e ilegíveis pela ação do tempo. A reportagem da Gazetaweb entrou em contato com o departamento de sinalização da SMTT. De acordo com o responsável pelo setor, José Moura, a solicitação dos taxistas não chegou até a seção.

“Nós não estávamos sabendo desse problema. Os taxistas devem ter passado a situação para o setor de transportes, mas não nos repassaram e nós é que somos responsáveis por colocar as placas e sinalizações”, explica. “Na semana passada, foi que vimos que as placas estavam destruídas”.

Segundo Moura, a sinalização feita pelos taxistas será em regime provisório, já que é necessário que as instalações estejam adequadas às normas do Código de Trânsito, mas já elas já valem para que os guardas municipais multem o condutor que insista em deixar seu veículo particular naquele espaço.

“Aquele ponto de táxi é tradicional. Todos sabem que não podem estacionar ali e o local já é cadastrado com a SMTT. Vamos agora confeccionar as placas para substituir essas que foram feitas pelos taxistas, mas desde já ninguém pode mais estacionar no local”, reforça.

7.02.2012 | 10h20

Fonte:
 Gazetaweb- Wanessa Oliveira e Pinehas Furtado




6 COMENTÁRIOS

  JOSE ELIAS LIRA MOURA   em 17.02.2012
Eu como filho do sr. Elias moura e amigo dos outros taxistas deste ponto, parabeniso estes herois por sua luta diaria.

  JOSE EDNALDO MONTEIRO LISBOA   em 17.02.2012
CONCORDO COM A JUSTIFICATIVA APRESENTADA, ESTA SMTT REALMENTE NÃO SABE DOS PROBLEMAS DO TRÂNSITO DE MACEIÓ, QUANTO MAIS DE UM SIMPLES SINAL INDICATIVO DE PONTO DE TÁXI, MAS PARA MULTAR ATÉ A PLACA COLOCADA PELOS TAXISTAS VALE. MEUS PARABÉNS PELA INICIATIVA DOS TAXISTAS.

  Dani   em 17.02.2012
Eu já cansei de mandar e-mail para o Pinto de Luna solicitando a colocação de olho de gato no cruzamento da R. Machado Lemos (o carro tem q parar) c/ a Engº Mário de Gusmão na P. Verde, onde já ocorreram + acidentes graves e constantes. A SMTT só colocou a placa de pare, q não é suficiente. Help.

  Palhaço   em 17.02.2012
NESSA PREFEITURA NINGUÉM SABE DE NADA, SÓ DE COBRAR IMPOSTOS...

  Marcelo   em 17.02.2012
A SMTT, Não sabe de nada que ocorre no trânsito da cidade.

  BemInformado   em 17.02.2012
A SMTT só vê o que quer. Estão aí as cinquentinhas cortando semáforos, passando por cima de calçadas, não respeitando os pedestres e os guardas de trânsito simplesmente nada fazem. Até quando Maceió será cidade sem lei?