domingo, 27 de novembro de 2011

Acidentes de trânsito matam mais de 900 pessoas por ano em AL


A imprudência dos motoristas e o desrespeito à legislação, que já provocaram mais de 900 mortes em Alagoas, só no ano passado, foi o tema principal do I Encontro de Segurança no Trânsito, realizado ontem em Maceió. O evento reuniu autoridades e estudantes para discutir medidas educativas que podem contribuir para mudar a realidade do Estado.

Durante a programação, representantes do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) e da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT) apresentaram as campanhas que vem sendo feitas desde o ano passado para conscientizar os motoristas, em especial os jovens, com idade entre 18 e 39 anos. “Eles são os mais atingidos pela falta de respeito às leis. São pessoas que misturam álcool com direção, ou que ignoram coisas simples como a faixa de pedestres e os pardais que regulam limites de velocidade”, disse Amália Vasconcelos, do Detran, que defendeu a importância de investir em campanhas de rua para se aproximar desse público. “Na rua você tem a ajuda da mídia, tem um contato direto com a sociedade – o efeito é muito mais satisfatório”, justificou.

Um dos trabalhos feitos no ano passado foi a ação Madrugada Viva, através da qual os agentes de educação da SMTT percorreram bares e restaurantes da capital, no horário de maior movimento, para entregar panfletos e conversar com a população. Segundo o agente Francisco Tenório da Silva, mesmo sendo feita apenas uma vez por mês, a atividade conseguiu reduzir bastante os índices de acidentes envolvendo motoristas embriagados. “Bastou lembrar a eles que a opção mais segura é pegar um táxi ou passar as chaves do carro para um amigo, alguém que não bebeu”, disse Tenório.

Publicado por Redação em 26/11/2011 as 09:42

Arquivado em Cidades

Gabriela Lapa

Estagiária   

Fonte: O Jornal