quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

C N T mostra que no uso dos serviços de táxi no país teve declínio.

Confederação Nacional do Transporte mostra que o uso dos serviços de táxi no país teve declínio.

O estudo foi realizado em novembro de 2015, em locais de grande fluxo de taxistas, como aeroportos, estações rodoviárias, de metrôs e de trens urbanos. Foram entrevistados 1.001 taxistas nas principais regiões metropolitanas de 12 Unidades da Federação. Os taxistas responderam questões sobre saúde, rotina de trabalho, segurança e concorrência com o aplicativo Uber.

Em entrevista ao programa Revista Brasil, o diretor Executivo da Confederação Nacional do Transporte, Bruno Batista, explica que o dado descoberto na pesquisa que causou maior impacto foi a queda da demanda. Um dos principais motivos apontados foi a crise econômica em que vive o país, somado ao aumento significativo do principal insumo do táxi, que é o combustível. “Em 2015, a gasolina subiu quase 20%, o álcool combustível subiu quase 30%, num momento em que muito deixaram de usar o táxi”, explica. Bruno Batista também apontou a entrada do Uber como outro responsável pela queda da demanda.

3 DE FEVEREIRO DE 2016

POR ALANA MEDEIROS 

Fonte: EBC

.