quarta-feira, 24 de abril de 2013

Taxistas pedem a Renan derrubada de veto que impede transferência de 'praça'


                                Foto: Agência Senado

Renan com representantes dos taxistas e parlamentares que defendem votação do veto

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), defendeu na tarde desta quarta, 24, a votação do veto parcial ao Projeto de Lei do Senado 253/2009, que proíbe a transferência da permissão de trabalho de taxista de pai para filho, em caso de morte do titular.

A afirmação foi dada por Renan em audiência com a comitiva de taxistas que reivindicou a apreciação do veto. De acordo com o presidente Renan Calheiros, na noite desta quarta em sessão conjunta do Congresso Nacional, será anunciada a prejudicialidade de 1.500 vetos.

Já na próxima terça, 30, o presidente Renan vai reunir os lideres partidários com o objetivo de especificar quais vetos serão priorizados para votação.

A comitiva dos taxistas foi composta do presidente Associação Brasileira das Associações e Cooperativas de Motoristas de Taxi (Abracomtaxi), Edmilson Americano, representantes do Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná e Minas Gerais.

Eles estavam acompanhados pelo deputado Osmar Serraglio (PMDB-PR).

24/04/2013 18:43

por Assessoria/Senado
.