sábado, 20 de abril de 2013

"David" e "Macarrão" são suspeitos de executarem com vários tiros taxista em Maceió


Vítima, de acordo com parentes e amigos, era uma pessoa sem vícios e que não tinha inimigos

A vítima foi morta com vários tiros dentro do carro que dirigia (Tribuna Hoje)


Policiais da Delegacia de Homicídios (DH) de Maceió já tem pistas dos dois suspeitos que na noite da sexta-feira, 19, mataram a tiros o taxista Altemar Vicente da Silva, 26.

O profissional teria sido vistos na localidade conhecida por Piabas, no bairro do Jacintinho, periferia de Maceió, na companhia de dois jovens conhecidos na região pelos apelidos de "David" e "Macarrão".

Altemar, que residia no mesmo bairro onde foi morto, foi encontrado, por populares, ainda com vida, dentro do veículo que dirigia, um Fiat Siena, de cor branca e placa MUQ 4692-AL. Mas as gravidades dos ferimentos impossibilitaram que a equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que foi até uma das ruas do Conjunto Vale Verde, local do assassinato, conseguisse salvar sua vida.

Familiares da vítima relataram que o carro não pertencia a ele. Altemar alugava o veículo para dirigir somente a noite, enquanto um amigo e dono do Taxi, dirigia pelo dia.

Qualquer pessoa que tenha detalhes que possa ajudar esclarecer este ou qualquer crime pode ajudar, ligando para o Disque Denúncia, através do número 181. O denunciante não precisa se identificar.

Clique aqui e acompanhe o EMERGÊNCIA190 pelo Twitter

20 de Abril de 2013 • 09h33 | atualizado às 09h38

Fonte:

.