segunda-feira, 8 de abril de 2013

Taxistas de Maceió protestam contra fiscalização da SMTT a táxis-lotação


Categoria se reuniu em frente à sede da SMTT nesta segunda-feira.

Taxistas alegam que abordagens de agentes são agressivas.

Taxistas impediram a entrada de pessoas na SMTT


                                                  nesta manhã. (Foto: Henrique Pereira/G1)

Um grupo de taxistas protestou em frente à Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT), na manhã desta segunda-feira (8), contra a decisão do órgão de fiscalizar os táxis-lotação da cidade.

De acordo com a categoria, as abordagens da SMTT são agressivas e desnecessárias. "Eles usam carros descaracterizados e obrigam os passageiros a dizer que o táxi se trata de uma lotação para poderem apreender os veículos", afirmou um dos manifestantes.

Os taxistas cobram a regularização da situação pela prefeitura. "O prefeito tem que ter noção que a população precisa dos nossos serviços, e que, se a gente parar, Maceió vira um caos. É preciso criar algum projeto, pois essa fiscalização não existe", disse o taxista Fabiano da Silva.

A categoria, que no início da manhã impediu que agentes da SMTT entrassem ou saíssem da sede da superintendência, se reuniu com a diretoria do órgão para tentar chegar a um acordo.

08/04/2013 12h44 - Atualizado em 08/04/2013 13h07

Do G1 AL
 .