quarta-feira, 11 de junho de 2014

Taxistas de Maceió são orientados a combater o trabalho infantil

Várias ações estão sendo realizadas pela Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) em Comemoração ao Dia Nacional de Combate ao Trabalho Infantil, 12 de junho. Nesta quarta-feira (11), aconteceu uma sensibilização com o objetivo alertar os taxistas sobre os riscos e prejuízos do trabalho na infância.

A Campanha Cartão Vermelho ao Trabalho Infantil foi apresentada aos taxistas na Escola de Trânsito da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT). Todas as quartas-feiras, os taxistas que estão renovando a permissão anual, participam de um curso de atualização.

As aulas são ministradas por técnicos da SMTT e da Secretaria Municipal de Promoção do Turismo (Semptur). Nos mês passado, os taxistas foram orientados por profissionais da Semas sobre o combate a exploração sexual infantil, que também é considerada uma das piores práticas de trabalho infantil.

Segundo o assessor técnico da Diretoria Proteção Social Especial (DPSE) da Semas, Adalberto Gomes, como os taxistas estão no dia a dia da cidade, podem atuar como instrumento de apoio no combate ao trabalho infantil. “É importante que eles participem, denunciando os casos, pois lugar de criança é na escola”, destacou.

“As crianças estão no trabalho infantil em decorrência de vários contextos… é uma dívida histórica muito grande que tentamos diariamente combater com ações estratégicas e nos núcleos do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, que é onde a gente cuida e traz para o serviço público aquelas crianças que foram oriundas do trabalho infantil. A ação com os taxistas é muito importante, pois eles têm contato com muitas pessoas e podem difundir a importância de denunciar esta prática”, enfatizou a secretária de Assistência Social de Maceió, Juliana Vergetti.

Nesta terça (10), a Semas realizou o “Dia D de Combate ao Trabalho Infantil” no Calçadão do Comércio alertando a população sobre os perigos do trabalho infantil.  Crianças e adolescentes fizeram também apresentações artísticas mostrando o trabalho desenvolvido nos Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculo (SCFV).

11/06/2014 - 17:31

Vanessa Napolão – Ascom Semas

Fonte:
.