segunda-feira, 25 de julho de 2011

Cerca de 500 táxis trafegam de forma irregular

O Instituto de Metrologia e Qualidade de Alagoas – INMEQ-AL divulgou nesta segunda-feira, 25, que parte dos três mil táxis que circulam no município de Maceió está sem o certificado oficial de aferição do taxímetro. O documento de porte obrigatório expedido pelo o INMEQ comprova que o instrumento metrológico (taxímetro) foi aferido e está apto para atender a comunidade maceioense.

Da atual frota de três mil carros matriculados no órgão de transito de Maceió, aproximadamente 500 veículos trafegam sem o do documento obrigatório. Esses táxis, embora tenham participado do processo de aferição, não pegaram até esta data o certificado oficial de aferição, e estão circulando de forma irregular. A afirmação é do chefe da divisão de táxis do Inmeq, Ivacir Jerônimo Tavares, que assegura: Sem o cumprimento deste procedimento, esses taxistas podem estar passivos de ter os seus taxímetros recolhidos por não terem concluído o processo de aferição.

Segundo o presidente do Inmeq, Virgílio Palmeira, a autarquia estadual vai realizar blitz em pontos estratégicos da cidade com o intuito de coibir a irregularidade. Virgilio disse que o taxista pode evitar este constrangimento pegando o seu documento na divisão de táxis no horário das 7h as 13h, de segunda a sexta-feira. “É importante que o usuário fique atento quando for pegar um táxi, conferindo se o taxímetro foi aferido e se contém o lacre e o selo (etiqueta subseqüente de verificação) até 2011”, aconselhou.

O Instituto durante os meses de abril e maio realizou a adequação das novas tarifas, em função do reajuste da (bandeirada) no valor de R$ 3,35 (três reais e trinta e cinco centavos); Quilometro Percorrido em Bandeira 1, R$ 1,84 (um real e oitenta e quatro centavos); Quilometro Percorrido em Bandeira 2, R$ 2,21 (dois reais e vinte e um centavos); por hora parada R$ 11,05 (onze reais e cinco centavos), autorizada em reunião do Conselho Municipal de Transporte.

Fonte: Marcos Guimarães/Inmeq

15h06, 25 de Julho de 2011

Sionelly Leite/Alagoas24horas
 .