segunda-feira, 12 de outubro de 2015

Fiscalização de táxis do aeroporto será intensificada

Primeira etapa da fiscalização acontecerá de maneira instrutiva

A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) intensificará, a partir da próxima semana, a fiscalização dos serviços de táxis em Maceió procedentes do Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares, situado na cidade de Rio Largo. Segundo a Diretoria de Operações de Transportes e Táxi, a categoria pode realizar somente o deslocamento de passageiros do aeroporto à capital, sendo proibido retornarem à Rio Largo com o veículo ocupado, caso não seja por fretamento.

A irregularidade se enquadra na Lei Municipal de nº 6.466/2015, sancionada em setembro, que considera clandestino o transporte remunerado de passageiros realizado por permissionários, concessionários e/ou autorizados de outros municípios no âmbito de Maceió. Os taxistas que descumprirem estarão sujeitos à multa de R$ 2.180, apreensão do veículo, além dos custos para liberação. Em caso de reincidência da infração, o valor da autuação será progressivamente aumentado.

A primeira etapa da fiscalização acontecerá de maneira instrutiva, na qual a equipe da SMTT se deslocará aos hotéis e principais pontos turísticos da capital a fim de alertar os taxistas do município vizinho sobre a irregularidade. A segunda etapa consistirá na fiscalização de forma punitiva, podendo o motorista ser autuado também por infrações do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), além do descumprimento à lei nº 6.466.

“Durante as operações de combate ao transporte clandestino constatamos que, dentre as infrações cometidas pelos categoria, alguns taxistas do aeroporto estavam descumprindo o que é determinado pelo município de Maceió, ou seja, eles buscavam novos passageiros aqui na capital para levar ao aeroporto. Isso é uma prática irregular. Portanto, estaremos intensificando ainda mais as fiscalizações para coibir esta atitude”, explicou o diretor de Operações de Transportes e Táxi, Zenildo Filho.

09 Outubro de 2015 - 19:41

Assessoria

Fonte:
.