quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

Seds amplia o Programa Taxi Cidadão e garante maior segurança a condutores e passageiros

A intenção é que pelo menos 1/3 da frota instale o “botão do pânico”


Seds amplia o Programa Taxi Cidadão e garante maior segurança a condutores e passageiros

O secretário de Estado da Defesa Social de Alagoas (Seds), Eduardo Tavares, reuniu-se com representantes do Sindicato dos Taxistas de Alagoas (Sintaxi/AL), nesta terça-feira (25) a fim de firmar melhorias na segurança dos usuários e condutores de táxi na capital.

Em 2013, a Seds, em parceria com o sindicato, implantou o Programa Táxi Cidadão. O veículo que adere ao programa recebe um kit de posicionamento que emite um sinal captado por satélites e o envia aos receptores da empresa Casa de Segurança, que retransmite o chamado ao Sintaxi e ao Centro Integrado de Operação de Defesa Social (Ciods) em fração de segundos, possibilitando a localização exata do veículo.

O “botão do pânico”, instalado estrategicamente nos automóveis por meio do programa, tem sido uma ferramenta fundamental na redução dos assaltos a taxistas. Desde a sua implantação, houve uma queda em mais de 90% no número de ocorrências envolvendo os profissionais na capital.

Atualmente, mais de cem taxistas estão cadastrados no programa. A intenção é que esse número aumente para, pelo menos, 500 nos próximos meses.


Para Eduardo Tavares, a ampliação do Táxi Cidadão é uma medida que impactará ainda mais na segurança dentro dos táxis em Maceió. “Queremos 1/3 da frota utilizando o botão do pânico. Essa é uma ferramenta capaz de inibir de uma vez por todas os crimes nos táxis”, pontuou.

25/02/2014 - 15h20m

Fonte:

Ascom Seds