quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Fiscalização de mototaxistas gera denúncias de irregularidades na emissão de CNHs

Ilustração Uma resolução do Conselho Estadual de Segurança Pública, que visa fiscalizar a atuação de mototaxistas e taxistas no interior de Alagoas, e que entrará em vigor no próximo dia 1º de fevereiro, provocou um verdadeiro reboliço em Porto Calvo, cidade do Litoral Norte do Estado.

A medida deverá intensificar a fiscalização de mototaxistas e taxistas, que estariam trabalhando sem possuir Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Para realizar o trabalho, os profissionais precisam da CNH e de uma autorização da Prefeitura de Porto Calvo.

Após receber a denúncia de que condutores estariam ‘comprando’ CNH’s, o promotor da cidade, Sérgio Eduardo Simões, encaminhou ofício à prefeitura determinando que o cadastro dos mototaxistas autorizados seja encaminhado à Ciretran do Departamento Estadual de Trânsito de Alagoas (Detran/AL) para checar se todos estão devidamente habilitados.

“Não foi detectada nenhuma irregularidade até o momento. Adotamos as medidas cabíveis para se elas existirem sejam detectadas e devidamente apuradas”, destacou o promotor de Justiça.

10h24, 27 de Janeiro de 2011

Cláudia Galvão

Fonte:

http://www.alagoas24horas.com.br/

.