quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Esposa de taxista que está desaparecido retorna ao IML de Maceió

Valdeilde Vieira da Silva, 49 anos, retornou nesta quinta-feira, 27, ao Instituto Médico Legal (IML) de Maceió. Ela é esposa do taxista José Gilvan da Silva, 51 anos, que está desaparecido de Penedo, e voltou à capital alagoana para deixar cópias de três prontuários (anotações sobre a arcada dentária do marido) no instituto, fichas que serão comparadas com a arcada dentária do corpo sepultado como indigente em Rio Largo no último dia 11 deste mês.

Durante contato por telefone com a redação do aquiacontece.com.br, Valdeilde Vieira desmentiu o boato que começa a circular em Penedo sobre a identificação do cadáver que pode ser o de José Gilvan. “Eu não fiz nenhum exame de DNA e também não podemos afirmar que o corpo é do meu marido”, disse a esposa que ficou de retornar na próxima semana ao IML de Maceió.

Segundo Valdeilde Vieira, ela foi orientada a pegar as fichas originais, todas com assinatura e carimbo do Conselho Regional de Odontologia do dentista que o acompanhou.

“O Gilvan passou por três dentistas, então o médico disse que eu tenho que levar as fichas originais, todas assinadas e com carimbo”, declarou Valdeilde Vieira. José Gilvan da Silva foi visto pela última desde 26 de dezembro de 2010, quando deixou seu ponto de táxi com dois passageiros.

Desde então, apenas um par de sandálias foram localizadas num canavial situado em Penedo. Os calçados encontrados pertencem ao taxista, segundo reconhecimento feito por familiares. José Gilvan trabalhava em um Voyage de cor prata, placas NMJ 1307 Penedo AL, veículo que também não foi localizado.

22:25 - 27/01/2011

Fonte: com aquiacontece

.