sábado, 1 de outubro de 2011

Morte de taxista: delegada ouve companheira e dono do táxi



A delegada Sheila Carvalho Dantas, titular da Delegacia de Homicídios da Capital, informou na tarde desta sexta-feira (30), que dando continuidade às investigações sobre a morte do taxista Carlos Fábio da Silva Ciriaco, colheu o depoimento de duas testemunhas. Já foram ouvidos a companheira de Carlos e o proprietário do táxi.

Segundo a delegada, duas linhas de investigação estão em andamento, elas apuram a hipótese de homicídio e latrocínio, roubo seguido de morte. Ela esclareceu que o dono do veículo foi ouvido porque a vítima alugava o táxi para realizar viagens.

Ela explicou que o inquérito está na fase inicial, oitivas, e que também contatou a diretoria do Sindicato dos Taxistas do Estado de Alagoas (Sintaxi), em busca de informações que possam ajudar nas investigações.

O corpo do taxista foi encontrado na quinta-feira (29) em um canavial no Tabuleiro do Martins, em Maceió. O taxista estava desaparecido desde quarta-feira (28).

01/10/2011 06:21

por PC-AL

 .