segunda-feira, 11 de abril de 2011

Inmeq inicia hoje aferição da nova tarifa dos táxis de Maceió

Adequação ocorrerá durante os meses de abril e maio, em função do reajuste da tarifa (bandeirada)

 O Instituto de Metrologia e Qualidade de Alagoas, INMEQ-AL, órgão do Governo do Estado que executa as atividades do Inmetro em Alagoas, inicia nesta segunda-feira, 11 de abril, a nova aferição nos taxímetros dos três mil táxis que circulam no município de Maceió.

 Através da portaria, de nº 014/2011 de 28 de março de 2011, o instituto autoriza os seus técnicos a procederem às alterações mecânicas e de memórias eletrônicas nos instrumentos metrológicos (taxímetros) em uso em Maceió.

 A adequação ocorrerá durante os meses de abril e maio, em função do reajuste da tarifa (bandeirada) no valor de R$ 3,35 (três reais e trinta e cinco centavos); Quilometro Percorrido em Bandeira 1, R$ 1,84 (um real e oitenta e quatro centavos); Quilometro Percorrido em Bandeira 2, R$ 2,21 (dois reais e vinte e um centavos); por hora parada R$ 11,05 (onze reais e cinco centavos), autorizada em reunião do Conselho Municipal de Transporte.

 A programação com o terminal de placas e as respectivas datas de aferição começa nos dias 11 e 12 de abril com os carros de placas de terminal 1, nos dias 13 e 14 de abril carros de pacas de terminal 2, nos dias 15 e 18 de abril de terminal 3, nos dias 19, 20 e 25 de abril de terminal 4, nos dias 26, 27 e 28 de abril de terminal 5, nos dias 29 de abril, 02 e 03 de maio de terminal 6, nos dias 04, 05 e 06 de maio de terminal 7, nos dias 09 e 10 de maio de terminal 8, nos dias 11 e 12 de maio de terminal 9, e nos dias 13 e 16 de maio de terminal 0.

 O Presidente do Inmeq, Virgilio Palmeira, informa aos proprietários de taxis, que os mesmos deverão se dirigir a sede do órgão na data estabelecida pela Portaria nº 014/2011, das 07h30min às 17 horas, a fim de que sejam fornecidas as competentes autorizações, para proceder às alterações nas oficinas cadastradas pelo o Inmeq, posteriormente verificando os taxímetros.

 Segundo ele, o órgão vai distribuir no inicio de cada expediente uma quantidade de fichas numeradas, que dará acesso a aferição naquele dia. O Inmeq tem uma estimativa de quantos carros serão aferidos a cada dia. O objetivo do órgão é evitar aglomeração e tumulto, acrescentou.

 Os proprietários de táxis que estiverem impossibilitados de comparecer no prazo estipulado pela tabela divulgada, deverão apresentar justificativa por escrito antes do vencimento do seu prazo. O não comparecimento ou falta justificada do interessado na data estabelecida ensejará a aplicação das penalidades previstas na legislação em vigor.


11/4/2011 às 9:5:40
 por Assessoria

 .