terça-feira, 6 de novembro de 2012

Temporada de cruzeiros trará 45 mil turistas para Maceió



Mesmo com o número reduzido de viagens, a temporada de cruzeiros marítimos 2012/2013 aquecerá a economia do país. Segundo a Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos (ABREMAR), a oferta será 15% menor em todo o país, por causa da temporada mais curta e dos cruzeiros mais longos.

“Vínhamos com temporadas repletas de minicruzeiros, com duração de 3 a 5 noites, mas percebemos que o turista brasileiro prefere passar mais tempo a bordo. Por isso, esticamos as saídas e agora teremos menos viagens, porém mais longas, com média de 7 noites”, afirma Ricardo Amaral, presidente da ABREMAR.

Com início previsto para a próxima sexta-feira, a temporada de Cruzeiros Marítimos 2012/2013, em Maceió, vai até março de 2013, com a presença de 09 navios e 14 viagens, de acordo com informações da Abremar. Adicionando os números da empresa Irmãos Britto – que administra os cruzeiros em Maceió-, o número de navios sobe para 13 e o de viagens para 19, totalizando mais de 45 mil cruzeiristas durante a temporada.

Passarão pela capital os navios: Amadea, Priesendam, Grand Celebration, MSC Magnifica, MSC Orchestra, Costa Fascinosa, Costa Favolosa, Costa Fortuna, Costa Serena, Grand Holiday, Grand Mistral, Maasdam e Splendour Of The Seas.

De acordo com Danielle Novis, secretária de Estado do Turismo de Alagoas, a diminuição do número de cruzeiros é reflexo do cenário atual e ocorre pela preferência do brasileiro de prolongar a viagem. Destacou o retorno do navio da Royal Caribbean, Splendour Of The Seas que atracou em Maceió, pela primeira vez, na temporada passada e no Nordeste aportava apenas em Salvador.

Ainda para Novis, as chegadas de Cruzeiros Marítimos movimentam a economia da capital e de Alagoas, além de influenciar diretamente vários segmentos que se beneficiam com o turismo. “Receptivos, artesãos e taxistas, até os próprios turistas são beneficiados pelo turismo com a alta temporada”, afirma.

Outra notícia é que o case de sucesso – estrutura receptiva – continuará nessa temporada. “Como a ação do Governo do Estado de Alagoas, - que aconteceu em parceria com a Semptur e o Porto de Maceió-, deu suporte aos turistas, possibilitando a experiência com nossa cultura e artesanato, não podemos deixar de repetir a experiência”, afirmou.

12h22, 05 de Novembro de 2012

Fonte: Setur
.