domingo, 1 de julho de 2012

Avenida Pierre Chalita é liberada para o tráfego


Com 6km, via liga os bairros de Jacarecica, Sítio São Jorge, Barro Duro e Serraria


Avenida Pierre Chalita é liberada para o tráfego (Foto: Jobison Barros)

A Avenida Pierre Chalita foi liberada no início da manhã deste domingo (01), quando os condutores contarão, agora, com certas facilidades para chegar a destinos, como Jacarecica, Barro Duro, Serraria e Sítio São Jorge. Um dos objetivos da construção da via – que se estende por 6km – é desafogar o trânsito nas Avenidas Fernandes Lima, no Farol, e Durval de Góes Monteiro, no Tabuleiro do Martins.

Orçado em R$ 10 milhões, o projeto da Prefeitura de Maceió, através da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminfra), contempla ainda duas ruas arteriais, que receberam os nomes de Kléber Magalhães de Medeiros e João Batista Melo. Ligadas à avenida, as vias facilitarão a vida de motoristas e pedestres no que diz respeito à comunicação entre bairros das partes alta e baixa de Maceió.

A Avenida encontra-se completamente sinalizada – com redutores de velocidade, ciclovias, faixa de pedrestes - restando somente algumas alterações, dentre elas, a possível necessidade de quebra-molas, a depender dos agentes da Companhia de Guarda de Trânsito (CGTran), órgão pertencente à Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT).

Nessa quinta-feira (28), agentes da fiscalização permaneceram na avenida, com o intuito de orientar os motoristas quanto ao trânsito no local, bem como a liberação da pista, que ligará os bairros de Jacarecica, Barro Duro, Serraria e Sítio São Jorge. As vias pretendem reduzir o fluxo de veículos nas Avenidas Fernandes Lima e Durval de Góes Monteiro.

Solenidade

O prefeito de Maceió, Cícero Almeida, secretários, juristas e empresários reuniram-se, na última segunda (25), no Sítio São Jorge, em um café da manhã para celebrar a construção da nova avenida da capital.

Além da Seminfra, outros órgãos municipais participaram ativamente na execução do projeto, a exemplo da Superintendência Municipal de Limpeza Urbana (Slum) e a Superintendência Municipal de Energia e Iluminação Pública (Sima).

01/07/2012 10h04

Jobison Barros

Fonte:
Gazetaweb