quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

Extintor de carga ABC será obrigatório a partir de 2015

Modelo já obrigatório em carros novos produzidos no Brasil desde 2005. Proprietários de veículos fabricados até 2004 deverão regularizar os extintores dos veículos até o fim deste ano

Donos de veículos têm até o dia 31 de dezembro deste ano para equiparem seus automóveis com extintores de incêndio com carga de pó do tipo ABC. A obrigatoriedade atende a uma resolução publicada em 2009 pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran), que exclui a possibilidade de que carros e caminhões continuem a circular com equipamentos com carga BC – incapaz de conter fogo em materiais sólidos combustíveis, como estofados, por exemplo.

O extintor que passará a ser exigido a partir de 2015 será capaz de conter chamas tanto em materiais sólidos, como combustíveis líquidos e materiais elétricos energizados. Ele já é obrigatório em carros novos produzidos no Brasil desde 2005. Portanto, os proprietários de veículos automotores fabricados até 2004 deverão regularizar seus extintores até o fim deste ano.

Tipos de carga de extintores

Classe A- materiais sólidos combustíveis, como revestimentos, estofamentos, pneus, painéis, tapetes, puxadores etc.

Classe B- combustíveis líquidos: óleo, gasolina, álcool e outros.

Classe C- materiais elétricos energizados que no automóvel são exemplificados pela bateria do carro e fiação elétrica e outros dispositivos elétricos

De acordo com o Instituto de Pesos e Medidas do Estado do Paraná (Ipem-PR), ao contrário dos extintores “antigos”, este novo equipamento não poderá ser carregado. “Depois de perder a validade, esse extintor tem que ser descartado em local apropriado. Não será mais possível reaproveitá-lo”, explica o gerente de Fiscalização do Ipem-PR, Roberto Tamari. Apesar de ter um custo maior, ele também terá validade maior: cinco anos – dois a mais do que os atuais. “Com certeza é um maior custo benefício. O motorista ganha a longo prazo em termos de economia”, disse.

A exigência do uso de extintores não se aplica às motocicletas, motonetas, ciclomotores, triciclos e quadriciclos automotores sem cabine fechada, tratores, veículos inacabados ou incompletos, veículos destinados ao mercado de exportação e os veículos de coleção.

Destino correto

Após atingir o período de validade de cinco anos, o extintor com carga ABC pode ser levado para um ponto de venda, posto de gasolina ou oficina, onde retornará para o fabricante que requalificará o produto.


23/07/2014 | 20:10 |

GAZETA DO POVO

Fonte: