segunda-feira, 19 de setembro de 2016

Uber começa a sondar motoristas interessados em Maceió; lei proíbe serviço na capital

O Uber, serviço de transporte privado urbano, parece ter começado a dar seus primeiros sinais de atuação em Maceió. A empresa está sondando possíveis condutores para o serviço através de e-mails, convocando interessados para participar de palestras na capital alagoana.

“Você tem interesse ou conhece alguém interessado em ganhar R$4.000 líquidos/mês dirigindo? A oportunidade de começar a usar seu carro para gerar renda está se aproximando”, diz a empresa no comunicado.

Segundo o convite, o interessado terá oportunidade de conhecer a história do Uber, o funcionamento da plataforma, as vantagens para os motoristas, os veículos que serão aceitos no serviço e os procedimentos para se “filiar” à empresa.

As palestras estão marcadas para acontecer nos dias 20, 22 e 24 de setembro, em um hotel localizado na orla de Jatiúca.

Lei municipal proíbe

Apesar da incursão da empresa em Maceió, uma lei municipal de autoria do vereador Galba Netto (PMDB) proíbe o uso de carros particulares para transporte individual remunerado de passageiros. A Lei Nº 6.552 foi promulgada em 20 de maio deste ano, e prevê uma multa de R$ 10 mil às empresas administradoras do serviço e multa administrativo de R$ 3 mil aos transportadores.

19/09/2016 - 18:30 - Atualizado em 19/09/2016 - 18:33

por Bruno Felix

Fonte: