quarta-feira, 4 de março de 2015

Taxímetros serão fiscalizados pelo Inmeq para o reajuste da tarifa em Maceió

No final de janeiro, a SMTT estabeleceu que a mudança da tarifa fosse realizada

Presidente do Inmeq assina portaria para adequação dos taxímetros de Maceió

Luiz Pedro Brandão, Presidente Instituto de Metrologia e Qualidade de Alagoas (Inmeq), assinou nesta sexta-feira, 13, a Portaria 005/2015 que determina a adequação dos taxímetros em Maceió. A nova tarifa foi implantada pela Superintendência Municipal de Trânsito (SMTT) e sairá de R$2,20 para R$2,38 por quilometro rodado na bandeira 1. Os táxis serão verificados do dia 2 à 27 de março.

A bandeirada, valor que consta no taxímetro quando é ligado, irá de R$4,00 para R$4,33. Na bandeira 1 os táxis irão rodar a R$2,38 e com a bandeira 2 a R$2,85, e a hora parada será de R$14,30. O último reajuste tarifário aconteceu no ano de 2013.

A Diretoria Técnica do Instituto informa que os taxistas devem realizar o agendamento pelo site do Inmeq (http://servicos.inmetro.rs.gov.br/) e as vagas estão limitadas a 200 veículos por dia. Após o agendamento o profissional será encaminhado à oficina para proceder com a mudança.

O atendimento na pista de verificação ocorrerá por ordem de chegada. O taxista deve estar portando o certificado da última verificação de taxímetro, licenciamento do veículo, vistoria emitida pela SMTT e a Guia de Recolhimento da União (GRU) paga. Com a mudança de tarifa o atendimento à frota de táxis para aferição ocorrerá exclusivamente no período estabelecido

O profissional que estiver impossibilitado de realizar o agendamento ou adequação para a nova tarifa deve procurar o Instituto para justificar a ausência antes do período estabelecido. Caso isso não acontece, o taxista estará sujeito a penalidades previstas na lei em vigor.

Ao consumidor, o Inmeq alerta que é importante o passageiro estar atento às condições do taxímetro. O aparelho deve estar visível ao passageiro, apresentar o selo do Inmetro, conter lacre de segurança e ainda, se os valores na tela podem ser lidos de forma clara.

Em caso de dúvidas, denúncia ou reclamação o passageiro e o taxista podem entrar em contato com o Instituto através da Ouvidoria 0800 – 284 – 1664, ou pelo telefone (82) 3218 – 9133.

04/03/2015 14:19

Assessoria

Ascom - Inmeq
.