quarta-feira, 1 de outubro de 2014

Taxistas credenciados pela SMTT de Maceió terão documentos com chips





Com o intuito de facilitar e oferecer um melhor serviço, a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito de Maceió (SMTT) confeccionará documentos com chips para todos os taxistas credenciados pelo órgão. De acordo com o diretor de Operações de Transportes e Táxis da SMTT, Zenildo Filho, o novo tipo de documento para taxistas estará à disposição no início de 2015 e irá conter todas as informações necessárias do permissionário, do motorista auxiliar e dados referentes ao porte obrigatório do veículo.

“Além da praticidade, vai melhorar muito a fiscalização do taxista que estiver em situação irregular, a exemplo daqueles que realizam o transporte clandestino de passageiros e até mesmo a aqueles que exercem a função com a permissão suspensa ou cassada”, disse.

Ainda segundo Zenildo Filho, o profissional da categoria deverá ter o documento em mãos juntamente com os de porte obrigatório do veículo. “O taxista deverá sempre estar munido da carteirinha, pois quando for abordado pela equipe de fiscalização de transportes ou trânsito, o agente, por meio de aparelho, terá automaticamente conhecimento de todas as informações contidas no chip tornando assim, a fiscalização ainda mais eficiente”, explicou.

Outra vantagem da carteirinha é a praticidade e a rapidez na realização da renovação da permissão, pois todo o processo será feito através da atualização dos dados do chip e, no mesmo dia, o trabalho estará concluído.

Até a troca, taxistas terão ressalvas no lugar das tradicionais carteiras

Pelo fato da substituição, este ano os tradicionais documentos de papel não serão mais confeccionados pela SMTT. No ato da renovação, o taxista terá uma ressalva válida por um ano. Gradativamente, o profissional será convocado pela SMTT através da associação e do sindicato para comparecer ao órgão e realizar a troca da carteirinha.

“A estimativa é que a substituição das ressalvas pelo documento com chip já comece em dezembro deste ano. Enquanto isto, os profissionais utilizarão a carteirinha convencional e para aqueles que realizarem a renovação, será entregue uma ressalva”, salienta o diretor de Operações de Transportes.

O sistema de reconhecimento em smartphones se encontra em fase de teste e quando a chipagem eletrônica estiver operando, todos os fiscais de transportes passarão por um treinamento para se adaptarem à novidade.

01/10/2014 - 14:30

Nicollas Albuquerque e Thaciana Lima (estagiária)/ Ascom SMTT

Fonte:



.